Informações

Interceptor Rua do Chiba

As obras do Interceptor de Esgoto da Rua do Chiba já iniciou desde março deste ano
 
A obra é um avanço em infraestrutura e saneamento do município, e irá beneficiar uma média de 300 famílias diretamente.
 
No dia 28 de março, foi iniciada a construção do interceptor de redes de esgoto na Rua do Chiba. Esta etapa da obra compreenderá também a construção de estação elevatória do esgoto para redirecionamento para estação de tratamento do município de Córrego Fundo e está orçada em aproximadamente R$ 1 milhão.
 
As informações da primeira fase desta obra, que será executada com recursos da FUNASA (Fundação Nacional de Saúde) e foi licitada em cerca de R$ 2,5 milhões, começou no início de março. Na primeira etapa, foram construídas redes coletoras de esgoto em diversas ruas nos bairros Mizael Bernardes, Rosário, Amazonas e Santa Tereza.
 
“Iniciamos agora uma das principais etapas do projeto, que é a implantação do interceptor e estação elevatória para coleta do esgoto da região da Rua do Chiba, Vargem Grande, Rua Equador e demais localidades do Bairro Rosário. Este interceptor coletará todo o esgoto das redes coletoras da região e direcionará para a estação elevatória, próxima ao Bairro Bom Pastor. De lá, o esgoto será encaminhado para outro interceptor já existente, e por fim será conduzido para a Estação de Tratamento de Esgoto, em Córrego Fundo de baixo. Assim, como já ocorre nas outras áreas da cidade, após tratamento em lagoa anaeróbica e facultativa, o esgoto tratado é devolvido ao meio ambiente com praticamente 100% de pureza”.                Segundo José Mendes, após a conclusão desta obra, o município estará dando o tratamento adequado a todo o esgoto da zona urbana de Córrego Fundo.
 
Atualmente, as residências da região em que esta etapa da obra está sendo construída contam com fossas. “A implantação do interceptor, estação elevatória e demais ações compreendidas na obra irão transformar diretamente a vida de cerca de 300 famílias, além de contribuir com a qualidade de vida de todo o município”, comentou o diretor do SAAE.
 
A obra toda compreende ainda a construção de mais de 5 mil metros de rede coletora e ramais de esgoto na cidade, que já foram iniciados em alguns bairros, além de asfalto ligando Córrego Fundo de Baixo à Estação de Tratamento de Esgoto (aproximadamente 1,5 km), calçamento e obras de urbanização nas vias da ETE.
 
“É muito gratificante participar de mais esta conquista para o município. Além de desenvolvimento do município em infraestrutura e saneamento, a execução desta tão esperada obra transforma a vida das pessoas para melhor e possibilita um salto na urbanização de Córrego Fundo, que terá 100% do esgoto coletado e tratado”.

© 2019 Córrego Fundo . TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.